O site responsivo é formado a partir de vários fatores divergentes entre si como por exemplo a boa experiência dos usuários e ranqueamento no Google. Aquele famoso legado de “Seo não é pastelaria” em que não basta apenas investir no SEO para ter um bom posicionamento é a mais pura verdade. São mais de 500 fatores diferentes que podem contribuir para um bom rankeamento, SEO é apenas um deles. 

O que é um site responsivo?

Um site responsivo se resume nas formas com que o seu cliente vê as postagens e consegue se “locomover” lá dentro. Por exemplo, muita gente acaba investindo apenas no site em navegação desktop. Sendo assim, quando um usuário mobile entrar na sua plataforma, as imagens e os textos estão distorcidos, tornando a experiência péssima. Desenvolva o seu endereço eletrônico exatamente para todos os tipos de usuários, principalmente o Mobile que está crescendo bastante.

Você pode descobrir se os seus leitores e clientes estão mais no meio de computador, tablet ou celular através do Google Analytics. Por exemplo o site Visão Confiável que é uma agência de marketing possui a predominância de 77,8% em desktop. Já a plataforma Tec8 que é de jovens e tecnologia, há a predominância do meio mobile em mais de 70%.   

Mas… por que ter um site responsivo? Existe um motivo especial? 

1- Aumento dos acessos mobile

O aumento de acesso mobile cresceu de 97% para 98,1% quando abordamos o número de pessoas que acessaram a internet através de um celular. Atualmente, são mais de  4,1 bilhões  de acessos mobile em todo o mundo  e de 2018 para 2019 o valor cresceu em 8,1%.

2. Aumentar a velocidade da página

Aumentar a velocidade da página é importante para não reportar erros. Quando a página já foi desenvolvida para Mobile, a velocidade acaba diminuindo pela metade, chegando a menos de 1 segundo. 

Além da velocidade ser um fator crucial para ranqueamento, também poderá acabar com a experiência do leitor ao ter que esperar muito tempo para o carregamento. Pesquisas já mostram que muitos usuários desistem da página e entram em outra quando o tempo passa de 3 segundos.

3- Diminuir taxa de rejeição

A taxa de rejeição tem a ver com a quantidade de leitores que entram em sua plataforma e saem sem interação alguma. Ou seja, acabam não indo para outra página. Tome cuidado com ela porque se estiver muito alta, os algoritmos do google podem entender que ela não é relevante o suficiente e o seu domínio poderá ser mau classificado. 

4- Aumentar as taxas de conversão

Se o persona consegue ver seu conteúdo, poderá comprar. Entretanto, isso não acontece quando não é possível acessar a página de venda ou blog. Dessa forma, a quantidade de vendas realizadas poderá diminuir consideravelmente. Observe os maiores sites como Americanas ou Amazon, ao entrar neles pelo celular terá um carregamento bem rápido e as chances de erros são quase nulas. 

Tem mais alguma dúvida sobre site responsivo para blog ou loja virtual? Deixa nos comentários!

Deixe um comentário