Nos dias de hoje a maioria das decisões de compra são tomadas após uma pesquisa na internet, geralmente através de sites de busca como o Google. Por isso, ter uma estratégia de posicionamento, seja de forma orgânica ou paga, é muito importante para ter resultados. Se você deseja que sua empresa seja encontrada rapidamente e esteja nas primeiras páginas do Google, precisa entender os mecanismos disponíveis e analisar qual é mais adequado para seu negócio e, principalmente, suas possibilidades de investimento. Antes de debatermos qual o melhor, tráfego orgânico ou tráfego pago, vamos entender a diferença entre cada um deles.

 

Tráfego orgânico

A principal vantagem do tráfego orgânico é não ter um custo direto. Claro que é necessário um investimento em produção de conteúdo, com a aplicação das técnicas adequadas para obter um bom resultado, já que não adianta ter metas pouco otimistas neste caso, o objetivo tem que ser alcançar a primeira página de buscadores como o Google, já que, de acordo com pesquisas, mais de 70% das pessoas clicam em resultados da primeira página de busca.

Para obter tráfego orgânico é necessário dedicar um tempo em produzir conteúdo utilizando as técnicas de SEO. Os resultados virão em médio e longo prazo. Porém, estar nos primeiros resultados de forma orgânica traz mais credibilidade à empresa, pois você conseguiu estar em destaque sem ter pago um anúncio para tal. Também poderá ter um retorno maior para seu investimento, já que uma vez alcançada a posição desejada, terá cliques sem custo a mais. No anúncio pago você paga por cada clique.

Saiba mais sobre marketing de conteúdo

 

 

Tráfego pago

Como o próprio nome diz, é necessário um investimento direto, ou seja, o anúncio é pago e o resultado garantido. Isso é feito por meio de anúncios criados no Google Adwords, plataforma de anúncios do site de buscas. Quando alguém buscar as palavras-chave pelas quais você pagou no anúncio escolhido, encontrará seu site na primeira página. Porém, mesmo estando garantida a visibilidade, você também precisa se preocupar com a qualidade do seu site e conteúdo apresentado, para não haver rejeição do público e seu investimento ter sido em vão.

De nada adianta apenas apresentar sua empresa sem uma estratégia definida, afinal existem milhares de sites e blogs que oferecem conteúdos e informações semelhantes aos que você oferece. No Google Adwords você só paga quando alguém clica, mas se esse visitante não se sentir atraído por seu endereço eletrônico e sair rapidamente, certamente teve prejuízo.

Apesar de sair mais caro, porque além de investir em um bom conteúdo da mesma forma, você ainda vai pagar pelo anúncio, a vantagem é que o resultado é garantido e no anúncio é possível direcionar as palavras-chave e até localidade, dispositivo, entre outras opções. O Google AdWords permite que você faça testes para as chamadas e textos para que possa descobrir qual tipo apresentará um desempenho melhor.

Em anúncios nas redes sociais, através das plataformas Facebook Ads e Instagram Ads, é possível fazer uma alta segmentação do público, escolhendo informações como sexo, localização, idade, status de relacionamento, profissão e até mesmo interesses pessoais, além de poder exportar uma lista de contatos e colocá-la no anúncio. Outra vantagem é poder mensurar por meio de métricas seu retorno.

Saiba mais sobre Google Adwords e Social Ads.

 

Conclusão – Tráfego orgânico x Tráfego pago: Qual o melhor?

Como você viu, tanto o tráfego orgânico como o pago tem suas vantagens e desvantagens. Portanto, a escolha de qual o melhor para sua empresa vai depender de seu objetivo. Se você quer resultados escaláveis e a longo prazo, o tráfego orgânico é o melhor. Já se o intuito é uma campanha específica para vender um produto ou serviço de forma mais rápida, o tráfego pago seria o mais indicado. O ideal mesmo é mesclar as duas estratégias e usufruir das vantagens de cada uma delas. Mensurando os resultados das estratégias já efetivadas, também é possível avaliar como obteve mais retorno sobre o investimento e aplicar mais recursos onde estiver oferecendo mais benefícios para seu negócio.

Deixe um comentário